Make your own free website on Tripod.com

Recursos Humanos - Saúde Pública

No ramo da saúde pública, Jaú sempre teve como característica ser um "Pólo Regional" no atendimento hospitalar. Atualmente a cidade possui quatro hospitais. São eles:

* Hospital Amaral Carvalho (HAC)

Surgiu da benemerência do casal "Anna Marcelina" e "Domingos Pereira de Carvalho" em 1.915. Em 1.954 passou a se chamar "Hospital Amaral Carvalho e Maternidade de Jahu". O nome foi dado em homenagem  ao "Dr. Amaral Carvalho" que foi o primeiro diretor clínico da  "Maternidade de Jahu" e da "Santa Casa de Misericórdia" da cidade. No final da década de 60, o hospital passou a dedicar-se à área oncológica atraindo profissionais especializados, os quais transformaram este local num dos mais modernos e mais bem equipados centros médicos do país. Atualmente é o terceiro maior centro especializado em oncologia do Brasil. Em 1.975 passou a se chamar apenas "Hospital Amaral Carvalho". No final de 1.980 é criada a "Fundação Dr. Amaral Carvalho" mantenedora do hospital e de outras entidades. O "Hospital Amaral Carvalho" possui 16.000 metros quadrados de área construída e continua crescendo. Possui mais de 270 leitos hospitalares, 1.200 funcionários e um corpo clínico composto por mais de 100 médicos de 30 especialidades diferentes e complementares. Além disso, foi construído e já está em pleno funcionamento a nova parte do hospital denominada "Hemonúcleo Regional de Jaú Ary Ferreira Dias". Esta parte foi inaugurada no dia 09 de setembro de 1.994.

- Premiação: O "Ministério da Saúde" conferiu ao "Hospital Amaral Carvalho" o “Prêmio de Qualidade Hospitalar 2.001 - Categoria Nacional" classificando-o como um dos dez melhores hospitais do Brasil no atendimento a pacientes do "SUS - Sistema Único de Saúde". Foram avaliados mais de 4.300 hospitais de todo o país.

* Santa Casa de Misericórdia

Este hospital foi inaugurado em 27 de maio de 1.906. A "Irmandade de Misericórdia de Jahu" foi mais uma das construções a surgir devido ao desenvolvimento cafeeiro do início do século XX. Para a construção do prédio, a maioria das doações veio de fazendeiros de café do município e do Estado. O primeiro diretor clínico do hospital foi o médico "Antonio Pereira do Amaral Carvalho" que ficou no cargo de 1.906 até 1.922. Este médico depois viria a fundar a "Maternidade do Jahu" que foi antecessora do "Hospital Amaral Carvalho". No dia 01 de junho de 1.966 foi inaugurado o novo bloco da "Santa Casa" com três andares. O projeto foi desenvolvido pelo arquiteto "Jorge Wilheim". A "Santa Casa de Jaú" atualmente é uma moderna instituição hospitalar que presta serviços à cidade e à região.

* Hospital São Judas Tadeu

A história deste hospital começa em 1.962 quando foi inaugurado o "SAMDU - Serviço de Atendimento Médico Domiciliar de Urgência". Um grupo de sete médicos que ali trabalhavam uniram-se para construir um hospital particular próprio que atendesse a população em geral. A construção do hospital teve início em 1.963. Sua inauguração ocorreu no dia 01 de junho de 1.965. Os médicos fundadores deste hospital foram: "Dr. Carlito Nassif Name", "Dr. Fuad Chaim", "Dr. Fausi Atique", "Dr. Miguel Nassif Name", "Dr. Oscar Sajovic", "Dr. Romeu Mira" e "Dr. Suly Urbach". Com o aumento da demanda de pacientes, a direção do hospital resolveu ampliar suas dependências. Por isso, no dia 22 de novembro de 1.980, foi inaugurada a "Parte Nova" do hospital que possui cinco andares e uma estrutura para comportar os doentes conveniados. Atualmente o "Hospital São Judas Tadeu" é considerado pelo "SUS - Sistema Único de Saúde" como hospital referência de caráter regional. Este hospital conta hoje com clínica médica, clínica cirúrgica, clínica obstétrica, clínica pediátrica, além dos serviços de diagnósticos como laboratório de análises clínicas, laboratório de anatomia patológica, eletrocardiograma, endoscopia digestiva, radiologia, ultrassonografia, serviço de pré-natal, banco de sangue, hemodiálise, pronto socorro, U.T.I. e bloco cirúrgico integrado por centro cirúrgico e centro obstétrico. O "Hospital São Judas Tadeu" é uma moderna instituição hospitalar que presta serviços à cidade e à região.

* Associação Hospitalar Thereza Perlatti

Com terreno total de 38.000 metros quadrados e área construída atual de 15.000 metros quadrados, a entidade elegeu sua primeira diretoria em 09 de dezembro de 1.957 e em 14 de agosto de 1.960 foi lançada a pedra fundamental. Em meados de 1.970 e 1.971, entrou em funcionamento visando atender pacientes psicóticos, neuróticos graves, depressivos e dependentes químicos, mas sofreu intervenção judicial em abril de 1.993 quando foi suspenso o convênio com o "SUS - Sistema Único de Saúde" devido a inadequação do projeto terapêutico. No dia 19 de setembro de 1.993 foi eleita a nova diretoria da associação que reabriu o convênio com o "SUS". Após criteriosa avaliação pela "Secretaria de Saúde do Estado", em menos de um ano o hospital foi classificado no "nível 4 de psiquiatria" o que provou grande evolução em curto espaço de tempo. Para se ter uma idéia da dedicação do corpo diretivo e funcional quanto aos objetivos do hospital basta observar seu slogan: "No Thereza Perlatti Majestade é o Paciente". Atualmente a entidade conta com:

- "Hospital Psiquiátrico": Possui cerca de 180 pacientes. É servido por competente equipe de profissionais, além de estar equipado com duas quadras de futebol de salão, quatro oficinas terapêuticas, uma oficina de reciclagem de papel, escola de alfabetização e informática para pacientes, espaço cultural, entre outros benefícios.

- "Lar Abrigado": Presta assistência a pacientes moradores, com autonomia e independência em suas atividades de vida prática, em apartamentos individuais na área anexa à estrutura do hospital.

- "Hospital Dia Conviver": Possui 60 vagas para portadores de transtornos mentais e visa substituir a internação integral mantendo o usuário no convívio sócio-familiar.

- "Clínica de Repouso Reviver": Possui uma equipe multidisciplinar que proporciona assistência integral ao idoso em amplo espaço interno e externo. Esta clínica fica localizada também em área anexa ao hospital.

- "Salão Social": Local amplo e bem equipado. Tem sido utilizado, através de locação, para festas de casamentos, aniversários, palestras, entre outros eventos, propiciando ainda renda extra na manutenção da entidade e com capacidade para 500 pessoas.

Os diretores desta associação trabalham como voluntários, sem custos para a instituição, e a ajuda da população, com doações, é vital para a sobrevivência de suas atividades pelas quais a diretoria e pacientes muito agradecem. Qualquer doação, em dinheiro, ou alimentos não perecíveis, material de limpeza ou mesmo voluntários para serviços de informática e outros, são bem vindos para atender a crescente demanda de recursos.

clique na figura para voltar