Make your own free website on Tripod.com

Cronologia

* 1.900: No dia 04 de abril nasce João Ribeiro de Barros, em Jaú, na fazenda Irissanga.

* 1.919: O jauense João Ribeiro de Barros tem seu primeiro contato com a engenharia mecânica nos Estados Unidos e demonstra grande interesse pela aviação.

* 1.922: "Gago Coutinho" e "Sacadura Cabral" (aviadores portugueses) realizam o primeiro vôo transoceânico ligando Portugal ao Brasil em comemoração ao primeiro centenário da independência do Brasil. Esse histórico vôo teve escalas apoiadas por navios. Gago Coutinho foi um dos que incentivaram João Ribeiro a realizar a sua façanha. Neste mesmo ano João Ribeiro de Barros matricula-se na "Escola de Aviação de Campinas".

* 1.923: No dia 21 de fevereiro João Ribeiro de Barros tira o brevet internacional número 88 da "LIA - Ligue Internationale des Aviateurs" da França.

* 1.925: João Ribeiro volta aos Estados Unidos e realiza um curso de pilotagem e navegação aérea. Depois segue para a Alemanha onde freqüenta uma escola de acrobacia aérea em Berlim.

* 1.926: João Ribeiro de Barros planeja uma façanha inconcebível para a época: Transpor o Oceano Atlântico com os recursos de uma única e rudimentar aeronave. No dia 13 de outubro o hidroavião da marca "Savóia Marchetti S-55", batizado com o nome de "Jahu", decola de Gênova/Itália sob grande aclamação popular.

* 1.927: O comandante João Ribeiro de Barros e sua equipe formada por "Newton Braga" - Navegador, "Arthur Cunha", substituído por "João Negrão" - Co-Piloto e "Vasco Cinqüini" - Mecânico, executam o famoso e vitorioso vôo. No dia 28 de abril o hidroavião Jahu pousa sobre águas brasileiras em Fernando de Noronha depois de 12 horas de vôo. Festas em várias cidades marcam o acontecimento. No dia 02 de agosto, os tripulantes do Jahu são homenageados durante a sessão cívica solene realizada no "Teatro Municipal de São Paulo".

* 1.930: João Ribeiro de Barros volta à França e adquire um avião "Breguet" e o batiza com o nome de sua mãe "Margarida" (falecida no ano anterior no dia 07 de setembro) com o fim de realizar um vôo do Rio de Janeiro a Paris. Quando se dirige ao "Campo dos Afonsos" para iniciar o vôo, proíbem-lhe o acesso ao aparelho. Seu avião é confiscado por ordem do governo de Getúlio Vargas. O "Margarida" seria depois utilizado durante a "Revolução de 1.930". Logo após o episódio que o impediu de concretizar mais um de seus sonhos, João Ribeiro embarcou em um navio e passou dois anos viajando pelo mundo.

* 1.932: João Ribeiro volta ao Brasil quando São Paulo se ergue em armas pelo "Movimento Constitucionalista". Em Jaú, dezenas de cidadãos abraçam essa luta.

* 1.937: A "LIA - Ligue Internationale des Aviateurs", sediada em Paris, na França, concede ao "Comandante João Ribeiro de Barros" a mais importante de suas condecorações: O "Troféu Harmon" como prova de reconhecimento. Ao mesmo tempo, nomeia o comandante para o cargo de vice-presidente da "LIA".

* Meados dos Anos 40: João Ribeiro de Barros é preso em sua "Fazenda Irissanga" em Jaú. É acusado de ter publicado um jornal clandestino contra a ditadura do governo Vargas. Após ter a casa vasculhada (em Jaú e na capital), é levado para São Paulo. Nenhuma evidência sobre o jornal clandestino é encontrada. Sem nada que o incriminasse João Ribeiro é solto.

* 1.947: No dia 20 de julho, João Ribeiro de Barros morre nos braços de seu irmão "Osório Ribeiro de Barros", aos 47 anos, na "Fazenda Irissanga". O velório aconteceu em sua casa na cidade, na rua Riachuelo, número 538, esquina com a rua Tenente Lopes. O corpo do aviador foi sepultado com todas as honras no dia 21 de julho, às 16 horas. Durante o trajeto até o cemitério, aviões dos aeroclubes de Jaú e Pederneiras sobrevoaram os céus da cidade em homenagem ao herói.

* 1.953: Em Jaú é construído um monumento em homenagem ao comandante João Ribeiro de Barros e seus restos mortais foram depositados nesse monumento mausoléu da praça principal da "Praça Siqueira Campos".

* 1.967: A lei número 9.850, de 26 de setembro, dá nome de "Comandante João Ribeiro de Barros" à rodovia que liga os municípios de "Araraquara, Jaú, Bauru, Marília, até a margem do rio Paraná".

* 2.000: No dia 04 de abril é lançado, na "Câmara Municipal", pelos "Correios", o "Selo Comemorativo do Centenário de Nascimento de João Ribeiro de Barros".

* 2.004: Inauguração da réplica do "Hidroavião Jahu". Esta réplica, com envergadura das asas de 8 metros, foi colocada dentro do "Jaú Shopping Center", no piso superior, em espaço entre as escadas rolantes.

clique na figura para voltar