Make your own free website on Tripod.com

Capital Nacional do Calçado Feminino

Jaú é um dos maiores pólos calçadistas do país. Desde o início do século passado, Jaú já produzia sandálias bonitas rústicas, feitas em couro e com solado de borracha para os viajantes. A produção de calçados para os trabalhadores rurais parece ser uma das explicações para o começo da instalação do parque calçadista na região.

Há 14 anos, a cidade contava com 37 empresas calçadistas. Em 1.989 chegou a ter 280 empresas. A maior parte das empresas de calçados da cidade são de pequeno porte produzindo até 200 pares por dia e apenas algumas dessas empresas produzem mais de 1.000 pares por dia segundo dados de uma pesquisa realizada pelo "Sindicato dos Calçadistas". Do total de pares de calçados diários que Jaú produz, 86% são de calçados femininos e apenas 14% são de calçados masculinos (7%) e infantis (7%) consagrando a cidade com o título de "Capital Nacional do Calçado Feminino".

Com a intenção de conquistar novos mercados e também para enfrentar a concorrência dos calçados chineses que entram no país por um preço extremamente baixo, o "Sindicato dos Calçadistas" instalou em Jaú um laboratório vinculado ao "Centro Tecnológico do Couro, Calçados e Afins" de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. Com o laboratório, as empresas tem condições de criar um selo que funcione como instrumento de marketing, submeter seus calçados a rigorosos testes de qualidade e passam a ter também facilidades para colocação dos produtos jauenses nos mercados europeu e americano.

clique na figura para voltar