Make your own free website on Tripod.com

Asas do Jahu

Bandeirantes ousados do espaço!
De triunfo um esplêndido cântico,
A guiar vosso pássaro de aço,
Sobre as ondas erguestes do Atlântico.

Numa audaz e galharda arrancada,
Vossos nomes gravastes na história
Em que fulge, de luz aureolada,
De Dumont e Gusmão a alta glória.

O "Jahu" de um salto
Transpondo o oceano, o oceano
O nome ergueu alto
Do Brasil ufano
Trinta milhões de almas
Enfunando o peito, o peito
Com vibrantes palmas
Honra dão ao feito.

Negrão, Braga, Cinquini e Ribeiro
Dais ao mundo soberbo espetáculo
Pondo à prova o valor brasileiro
A lutar contra tanto obstáculo.

O Brasil, destemidos condores,
Recompensa vos guarda à vitória
E há, de grato, entre aplausos e flores,
Recolher-vos ao seio da história!

O "Jahu" de um salto
Transpondo o oceano, o oceano
O nome ergueu alto
Do Brasil ufano,
Trinta milhões de almas,
Enfunando o peito, o peito
Com vibrantes palmas
Honra dão ao feito.

* Letra: Octacílio Gomes.
* Música: Marcelo Tupinambá.

clique na figura para voltar